História da Manicure


ESMALTE – 80 ANOS DE HISTÓRIA


De 3.500 a 3.100 A.C., no Egito,as egípcias tingiam as unhas. Naquela época os esmaltes eram feitos de goma arábica, clara de ovo, gelatina e cera de abelhas. De secagem lenta,película que se formava sobre a unha absorvia a poeira e saía com facilidade

A cor, a princípio,era preta e a base de henna. Com o tempo, foi ficando mais clara e com tons de marrom claro. Com isso, as cores do esmalte passaram a indicar a classe social do indivíduo: os tons claros eram usados por mulheres de classes mais baixas e os tons intensos, pela nobreza.

Um exemplo desta diferenciação ocorreu durante o reinado de Cleópatra.
A rainha, que não era tão bela assim, criou uma lei determinando que ela seria a única autorizada a usar unhas pintadas de vermelho e, segundo a história,uma severa punição poderia ser aplicada para quem desobedecesse sua ordem, a infratora podia até ser executada.

Outra rainha egípcia, Nefertite, poderosa conhecida por sua beleza,também era fã de vermelho e pintava as unhas das mãos e pés com a cor da pedra mais desejada: o Rubi.

Com essas influências a civilização do Império Romano passou a valorizar ainda mais o cuidado com as mãos,e o polimento das unhas começou a ser difundido (em geral ele era feito com materiais abrasivos).

Já na China antiga (3.000 A.C.) as unhas.compridas eram cultuadas como sinônimo de nobreza e os guerreiros, em demonstração de poder e coragem, pintavam as unhas de preto antes de partirem para a batalha.
Pulando para a idade moderna...

1.800 d.C. - As unhas femininas apresentavam-se curtas,moldadas a lima, levemente arredondadas e discretas. Ocasionalmente eram perfumadas com óleo vermelho e polidas com couro macio.

1.830 - Na Europa,o médico “dos pés ” Dr. Sitts, desenvolve o primeiro instrumento de manicure, muito utilizado até hoje:o Pau de Laranjeira. Com este instrumento, a cutícula podia ser empurrada gentilmente para trás, sem ferí-la. Antes deste instrumento, a cutícula era removida com todo tipo de metal,ácidos e tesouras.

1.892 - A sobrinha do Dr.Sitts, apresenta um novo método de cuidados para unhas e inicia palestras sobre como tratar a cutícula e as unhas. E aí, surgem os primeiros salões de manicure.

1.900 - Era comum usar tesouras e limas metálicas para dar forma às unhas. Para polireram usados cremes colorantes e pós. Já havia modelo precursor de esmalte de unha como o conhecemos hoje. Este esmalte era aplicado com um pincel de pelo de camelo, entretanto, este esmalte não permanecia mais
que um dia nas unhas.

1.910 - Foi fundada a primeira empresa de produtos de manicure em Nova York, a Flowerey Manicure Products. A empresa produzia o famoso Emery Board, um tipo de lixa metálica que se tornou um produto básico para o tratamento de manicure.

1.914 - Uma mulher, Ana Kindred registra em Dakota do Norte, EUA, a patente para a proteção das unhas. Uma cobertura protegia as unhas dos operários dos desgastes dos agentes químicos.

1.917 - A Vogue publica o anúncio “Não Corte a Cutícula .Use a técnica Simplex, de Home Manicuring”. O conjunto incluía um removedor de cutículas, um polidor de unhas, esmalte de unha, uma caneta branqueadora de unha, uma lixa (já de papelão) e um folheto com instruções para fazer as unhas em casa.
Com esse anúncio, mais e mais mulheres passam a querer unhas brilhantes e usar abrasivos, pastas ou pós polidores.

1.920 - As estrelas de cinema são maquiadas de acordo com o “esquema de características infantis”: olhos destacados, bocas grandes, narizes pequenos, cabelos curtos e magreza de rapazes. Atém então, ainda não havia exatamente um esmalte de unhas. Entretanto, a indústria automotiva criou a base dele, desenvolvendo esmaltes para carros.

1.925 - Finalmente foi lançado o primeiro esmalte de unha: transparente e em tom rosado. Ele é aplicado no meio das unhas – a meia lua e a ponta das unhas ficavam nuas. Para a responsável pela manicure na Metro Golden Mayer (MGM), então o estúdio de cinema mais popular dos Estados Unidos, Beatrice Kaye, os anos 20 e 30 eram os anos da manicure estilo meia lua. A cutícula era removida e a unha preenchida apenas ao centro. Mais tarde o esmalte seria aplicado à unha,mas não na meia lua junto à raiz (a lua). Nessa época proibia mulheres de reputação usar esmaltes muito chamativo, de cores fortes.

1.927 - A fábrica americana “Max Factor” lança o Max Factor’s Esmalte para Unhas: um pote metálico com um pó de coloração bege que deveria ser espalhado sobre as unhas com uma espécie de pincel. As unhas começaram a ganhar brilho e algumas cores.

1.929 - O esmalte com perfume é lançado, mas sua aceitação e popularidade têm vida curta

1.930 - Divas do cinema,como Rita Hayworth e Gloria Swanson promovem o uso de esmaltes. Sua utilização passa a ser sofisticada e elegante, despertando a pintura das unhas com diversos tons de vermelho.

1.932 - Charles e Joseph Revlon, dois irmãos americanos, unem-se a um químico e criam o esmalte brilhante e colorido com pigmentos, para ser aplicado na unha toda.Nasce a marca Revlon. Eles promovem pela primeira vez a tendência de maquiar os lábios e unhas da mesma cor.

1.934 - Anna Hamburg, da Califórnia, patenteia uma unha colorida artificial que pode ser facilmente aplicada e removida sem danificar a unha natural. Maxwell Lappe, um dentista de Chigado, cria a “Nu Nails ”, uma unha postiça para unhas roídas.O “Esmalte Líquido para Unhas” da Max Factor é introduzido no mercado, apresentando uma textura similar aos esmaltes atuais. A empresa começa a usar um número ilimitado de pigmentos e a moda passa ser esmaltes que combinavam uma boa cobertura da unha com brilho uniforme.

1.970 - Começa a década dos esmaltes sintéticos. As unhas tornam-se extremamente longas através de várias técnicas e estão na última moda. No Brasil, Paulo e Edison Scroback (pai e filho) fundam a Impala, em São Paulo, empresa brasileira de esmaltes que se especializou no tratamento e beleza das unhas.

1.980 - Os esmaltes acrílicos são sucedidos pelos esmaltes de “fyber glass”. A decoração das unhas não é mais limitada aos esmaltes – pedras preciosas e vários acessórios entram em uso. Surge a profissão.

Muito legal a história da profissão de manicure né...Algumas pessoas tratam as manicures como se fosse uma profissional de baixa escala, mas não é verdade... Quem faz unha é uma verdadeira artista e hoje esta escalada uma das melhores profissões do século!!!

4 comentários:

Silvia Dornelas disse...

Esclarecedor, parabéns pelo blog.

olhoscoloridos disse...

gostei muito, nem imaginava!

olhoscoloridos disse...

gostei muito, nem imaginava!

Relacionamento sem brigas disse...

muito legal. gostei!!!

Busca

Carregando...

Faça Parte!

Arquivo do blog

Fashion Imports . Tecnologia do Blogger.